sexta-feira, 27 de março de 2009

"Jesus não fundou o Cristianismo"


Se você não sabia, fique sabendo!

Você sabia que foi apenas no ano 190 d.C. que a palavra grega ekklesia, que traduzimos como igreja, foi pela primeira vez utilizada para se referir a um lugar de reuniões dos cristãos? Sabia também que esse lugar de reuniões era uma casa, e não um templo, já que os templos cristãos surgiram apenas no século IV, após a conversão de Constantino?

Você sabia que os cristãos não chamavam seus lugares de reuniões de templos até pelo menos o século V? Você sabia que o primeiro templo cristão começou a ser construído por Constantino, sob influência de sua mãe Helena, em 327 d.C., às custas de recursos públicos, e sua arquitetura seguia o modelo das basílicas, as sedes governamentais da Grécia e, posteriormente, de Roma, e dos templos pagãos da Síria?

Você sabia que as basílicas cristãs foram construídas com uma plataforma elevada acima do nível da congregação e que no centro da plataforma figurava o altar, e à sua frente a cadeira do Bispo, que era chamada de cátedra? Você sabia que o termo ex cathedra significa "desde o trono", numa alusão ao trono do juiz romano, e, por conseguinte, era o lugar mais privilegiado e honroso do templo?

Você sabia que o Bispo pregava sentado, ex cathedra, numa posição em que o sol resplandecia em sua face enquanto ele falava à congregação, pois Constantino, mesmo após a sua conversão ao Cristianismo, jamais deixou de ser um adorador do deus sol? Você sabia que o atual modelo hierárquico do Cristianismo, que distingue clero e laicato, teve origem e ou foi profundamente afetado pela arquitetura original dos templos do período Constantino?

Você sabia que Jesus não fundou o Cristianismo, e que o que chamamos hoje de Cristianismo é uma construção religiosa humana, feita pelos seguidores de Jesus ao longo de mais de dois mil anos de história? Você sabia que o que chamamos hoje de Cristianismo está profundamente afetado por pelo menos três grandes eras: a era de Constantino, a era da Reforma Protestante e a era dos Avivamentos na Inglaterra e nos Estados Unidos? Você sabia que é praticamente impossível saber a distância que existe entre o que Jesus tinha em mente quando declarou que edificaria a sua ekklesia e o que temos hoje como Cristianismo Católico Romano, Protestante, Ortodoxo, Pentecostal, Neopentecostal e Pseudopentecostal?

Você sabia que os primeiros cristãos se preocuparam em relatar as intenções originais de Jesus com vistas a estender seu movimento até os confins da terra? Você sabia que este relato está registrado no Novo Testamento, mais precisamente nos Evangelhos e no livro de Atos dos Apóstolos? Você sabia que o terceiro evangelho, Evangelho Segundo Lucas, e o livro dos Atos deveriam formar no princípio uma só obra, que hoje chamaríamos de "História das origens cristãs"? Você sabia que os livros foram separados quando os cristãos desejaram possuir os quatro evangelhos num mesmo códice, e que isso aconteceu por volta de 150 d.C.? Você sabia que o título "Atos dos Apóstolos" surgiu nessa época, segundo costume da literatura helenística, que já possuía entre outros os "Atos de Anibal" e os "Atos de Alexandre"?

Bem, se você não sabia...Fique sabendo...e pense muito sobre tudo isso!

Por: Bruno dos Santos é pastor, formado em Teologia Contemporânea pelo ICEC (Instituto Cristão de Ensino Contemporâneo) e pós-graduando pela Universidade Doxa (DOXA University Bible College / Flórida USA). Português, natural de Angola, Bruno dos Santos é diretor da "Cruzada Missionária Continental Brasil", coordenador teológico do "Centro de Capacitação Ministerial" e escritor nas áreas de teologia e liderança.

5 comentários:

james disse...

.
Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados, amada irmã em Cristo, Ana Burle.

Você sabia que Jesus nos ama, e nos libertou de tudo quanto se intitula ser evangélico, e nos chamou a sermos CRENTES e abriu nossos olhos para que Sua maravilhosa Luz resplandeça???

Que os nossos corações sejam consolados, e estejam unidos em amor, e enriquecidos da plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério de Deus e Pai, e de Cristo, revestimo-nos de amor, que é o vínculo da perfeição.

Deus a abençoe, ao vosso esposo e vossa amada Mariana ricamente, irmã amada Ana Burle, pois és mui preciosa ao Senhor.

Fraternalmente.

James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
...
..
.

Roberto Impossivel Skywalker disse...

Boa tarde,
Bom Primeiramente os cristãos foram chamados pela primeira vez por incrédulos(Atos 11:26) e parece que foi utilizada por todos os cristãos posteriores(I Pedro 4:16,Atos 26:28) Seriam todos cristãos errados por isso?
o sufixo "ismo" da idéia de pensamento e cristianismo significa o pensamento de Cristo com base nos registros que temos (Bíblia). Então se os apóstolos estão certos então Jesus fundou o cristianismo.
Jesus também não instituiu diaconos,logo estes seriam invalidos também?

Atos 6
2 E os doze, convocando a multidão dos discípulos, disseram: Não é razoável que nós deixemos a palavra de Deus e sirvamos às mesas.
3 Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais constituamos sobre este importante negócio.
4 Mas nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra.


A igreja já era conhecida como igreja católica.
Hebreus 12:23
A universal(a tradução e no original é kathos ou seja católica) assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;

A igreja sempre se chamou apostólica,pois a igreja foi fundamentada nos apostolos.

Efésios 2
20. edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, tendo por pedra angular o próprio Cristo Jesus.
21. É nele que todo edifício, harmonicamente disposto, se levanta até formar um templo santo no Senhor.

As casas já no ínicio do cristianismo (séc II) tinham sido adaptadas (de famílias abastadas,claro) para o culto cristão. Nela já viamos desenhos,cruzes,batistério(para batismos de crianças e por aspersão). Temos por exemplo a igreja-casa de Dura Europos

http://www.ecclesia.com.br/biblioteca/historia_da_igreja/a_arte_crista.html

E a mais recente descoberta a igreja-casa so Megido (que provavelmente foi construída na época dos apóstolos)

http://caiafarsa.wordpress.com/a-arqueologia-confirma-a-igreja-catolica/ (é um site católico romano,porém o texto em sí interessa a toda cristandade)

Roberto Impossivel Skywalker disse...

A igreja sempre acreditou em "sucessão apostólica" e segue um relato de Irineu,aluno de clemente:

“… COM ESTA COMUNIDADE, DE FATO, DADA Á SUA AUTORIDADE SUPERIOR, É NECESSÁRIO QUE ESTEJA DE ACORDO TODA TODA COMUNIDADE, ISTO É, OS FIÉIS DO MUNDO INTEIRO; nela sempre foi conservada a tradição dos apóstolos. [...] [Pedro e Paulo] confiaram a Lino o ministério do episcopado. [...] A Lino sucedeu Anacleto. A seguir, Clemente; Clemente vira os apóstolos, conversara com eles e ainda tinha ouvido sua pregação. [...] A Clemente sucedeu Evaristo, e a Evaristo, [sucedeu] Alexandre. Depois, em sexto lugar após os apóstolos, veio Xisto… ” (Ireneu de Lião, Contra as Heresias III,3,2-3).

Sabia que a igreja primitiva usava cricifixos (muitos eram colocados nas catacumbas cristãs do séc II com crucifixos)

Sabia que o primeiro templo não foi feito em 327 D.C e sim em 312 D.C na Armenia que nem tinha contato nem vivia sob a jurisdição romana e o país se torna cristão oficialmente em 301 D.C. Ou seja,antes de Constantino.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_Apost%C3%B3lica_Arm%C3%AAnia

Sabia que o sinal da cruz foi mencionado no ano 160 D.C com prática comum da igreja:

Tertuliano escreveu: “Quando nos pomos a caminhar, quando saímos e entramos, quando nos vestimos, quando nos lavamos, quando iniciamos as refeições, quando nos vamos deitar, quando nos sentamos, nessas ocasiões e em todas as nossas demais atividades, persignamo-nos a testa com o sinal da Cruz.”

Roberto Impossivel Skywalker disse...

Sabia que a igreja desde o ínicio já defendia todos os livros Bíblicos desde o começo (a maior parte deles) e pouco se acrescentou desde a concepção do que é canonico ou não.E os livros que tinham dúvidas recorreram a tradição apostólica para incluí-los (ou seja se os apóstolos erraram até a conclusão do canon foi comprometida)

“Foi a Tradição apostólica que fez a Igreja discernir quais escritos deviam ser enumerados na lista dos Livros Sagrados” (DV 8; CIC, 120).

“Pela Tradição torna-se conhecido à Igreja o Cânon completo dos livros sagrados e as próprias Sagradas Escrituras são nelas cada vez mais profundamente compreendidas e se fazem sem cessar, atuante” (DV, 8).

Conclusão: sem a Tradição da Igreja não teríamos a Bíblia.

Santo Agostinho dizia:
“Eu não acreditaria no Evangelho, se a isso não me levasse à autoridade da Igreja Católica”


Sabia que desde o ínicio a igreja defendia a trindade
(Autor desconhecido, ano 90, Didaqué 7,1-3).

«Um Deus, um Cristo, um Espírito de graça»

(Clemente de Roma, ano 96, Carta aos Coríntios 46,6).

«Como Deus vive, assim vive o Senhor e o Espírito Santo»

(Clemente de Roma, ano 96, Carta aos Coríntios 58,2).

«Vós sois as pedras do templo do Pai, elevado para o alto pelo guindaste de Jesus Cristo, que é a sua cruz, com o Espírito Santo como corda».

(Inácio de Antioquia, ano 107, Carta aos Efésios 9,1).

Roberto Impossivel Skywalker disse...

Sabia que a intenção de colocar o Natal em 25 de Dezembro era substituir uma festa pagã (25 de dezembro,nascimento do Deus sol) por uma festa cristã (nascimento de Jesus)...sabiam que Deus fez a mesma coisa com a festa da páscoaque era uma festa comemorada também por pagãos,mas Deus colocou um sentido diferente. Constantino queria dar um sentido didatico e simbólico ao feriado (que já estava incutido esta data na cabeça da população) assim como Deus fez com o povo de Israel no passado.

http://teologiaon-line.blogspot.com/2011/01/as-festas-judaicas.html

http://reflexaobiblica.spaceblog.com.br/615429/A-IMPORTANCIA-DO-NATAL/

Ou os apóstolos estavam errados desde o ínicio e fomos (e somos) enganados junto com os cristãos da época deles ou realmente a igreja sempre preservou a verdade transmitida pelos apóstolos que aprenderam do próprio Cristo.
E tem muito mais,muito,muito mais. Porém encerro por aqui,caso tenham mais alguma duvida,estou a disposição.

Abraços e Pax Christo!