quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Obama como presidente dos EUA: quem ganha, quem perde?

Graca e Paz amados,

Hoje estou postando um texto que li no Blog do meu Tio e Pastor Solon Diniz que realmente me deixou muito preocupada.

Devemos estar atentos para os acontecimentos. O resultado da eleicao dos EUA, o discurso politicamente correto, sua posicao sobre o aborto e a liberdade sexual e principalmente a esperanca "messianica" que o novo presidente representa em relacao a paz e diante da crise financeira, devem ser avaliados com desconfianca e devemos, portanto, buscar de Deus uma direcao para que posicao devemos tomar como Igreja de Cristo.

Um grande abraco a todos

Shalom Adhonai

Ana Burle


"O PRESIDENTE MAIS IMPIO DOS EUA"

E agora, como ficam os EUA espiritualmente?

Bill Keller, o principal evangelista do mundo na esfera da internet, está há preocupado com a crise econômica e com a eleição de Barack Hussein Obama como o 44º presidente dos EUA. Keller declarou: "A mão de Deus foi removida desta nação".

Keller disse que os EUA elegeram um homem que garantirá o fortalecimento das leis para que o aborto seja disponível em todo o território americano, promoverá a radical agenda homossexual e terá amizade com as nações que querem ver a destruição de Israel. Ele também disse:

"A destruição virá de muitas formas, tais como a introdução de leis que permitirão que a Bíblia seja tratada como discurso preconceituoso, como já fizeram outros países. Pela primeira vez, aqueles que se recusam a negociar a verdade da Bíblia e pregar o Evangelho sentirão perseguição real e tangível".

De um ponto de vista espiritual, talvez o alerta mais importante tenha vindo de Steve Foss, que avisou antes das eleições:

Em janeiro de 2000 Deus me deu uma revelação incrível sobre o que estava para acontecer nas próximas eleições nos Estados Unidos na próxima década.

Deus então me disse: "No final do segundo mandato do presidente Bush, haveria um colapso financeiro". Como todos sabem, acabamos de enfrentar a maior ameaça econômica desde 1929 e a Grande Depressão.

Deus falou comigo que depois de George W. Bush, os Estados Unidos elegeriam o presidente mais ímpio que já tiveram.

Em 2006, comecei a perguntar ao Senhor: "É certeza que isso acontecerá em 2008?" Ele falou comigo com bastante clareza e me deu as palavras chaves para o que creio eu poderão mudar para sempre o que está para acontecer nos EUA.

Ele disse: "Depende dos cristãos".

Eu tive uma visão no começo deste ano. Eu vi Barack Obama nesta visão. Ele estava falando para uma grande multidão e estava sendo transmitido pela televisão. Ele estava falando palavras incríveis de unidade e paz. As palavras eram elegantes, confortantes e inspiradoras.

Mas enquanto ele estava falando eu vi um poderoso espírito de violência saindo do espírito dele e alimentando o espírito daqueles que o estavam ouvindo. Esse espírito de violência se dirigia a qualquer pessoa que se opunha ao que ele dizia. O espírito de violência era implantado naqueles que ouviam suas palavras e as recebiam. Era uma ira como nunca vi antes.

Era uma ira que seria liberada contra aqueles que se opõem à agenda de Barack Obama.

Conversei com muitos evangélicos, inclusive pastores, não só aqui nos Estados Unidos, mas também ao redor do mundo, que apóiam fortemente Barack Obama. Muitos deles estão revoltados com os republicanos, e têm razões para essa revolta. Outros são inspirados pela idéia de eleger o primeiro presidente afro-americano dos EUA, enquanto outros crêem que Barack Obama é um cristão preocupado com os pobres e necessitados.

Deus disse que a eleição 2008 está nas mãos dos cristãos. Exatamente como foi quando Deus falou com Jonas sobre o juízo que estava para vir sobre Ninive, quando os ninivitas se arrependeram Deus deteve o juízo, a mesma coisa pode acontecer nesta eleição. Muito embora Deus tenha dito que os EUA elegeriam seu presidente mais ímpio, Ele nos deu a oportunidade de adiar este juízo.

Os EUA estão nas mãos dos cristãos.

Precisamos passar tempo em profunda oração de intercessão e clamar a Deus para que ele tenha misericórdia dos EUA. Se o Cristianismo passar a ser agredido num governo controlado por Barack Obama e pelos democratas liberais, os efeitos negativos serão horríveis para a divulgação do Evangelho no mundo inteiro.

Esse alerta de Steve Foss foi publicado originalmente no site A Conexão de Jerusalém.

A sorte está lançada.

Fonte: Texto de Julio Severo extraido do Blog: http://pastorsolon.zip.net/

4 comentários:

nanieateologia disse...

Puxa, Ana... Você foi mais rápida do que eu rsrsrsrs - nem consegui deixar os comentários para os amigos...
Olha, é só você fazer um post copiando as regras da brincadeira, colocando os seus desejos e indicando mais 8 amigos para fazer o mesmo!
Beijão!

Flávio Franklin disse...

Goatei muito do seu blog, vou adiciona-lo no meu, se puder visite o meu.

Anônimo disse...

paz Ana....tdo bem? passei aqui pra fazer uma visita no seu blog, esta mto lindo o seu trabalho, parabens, Deus abencoe grandemente....bjos, Eltinho, Peterboro...rsrs

Blog do Pr. Cícero de Souza disse...

Graça e paz a você e aos seus Ana Burle.

Parabens pelo comentário. Recebo tais palavras como um alerta para Igreja do Senhor e,entendo que, tais acontecimento apenas nos mostram que Cristo já vem.
Como sabe, tais acontecimentos são inevitáveis por serem proféticos.Estejamos apercebidos para que não sejamos pegos desprevenidos na Sua vinda.

ex toto corde